Artes à Vila : Isabel Silvestre, Guitolão, Natalia Juskiewicz e Sete Lágrimas Ecoam no Mosteiro da Batalha

Ainda há poucos dias deixámos por aqui a notícia de que Henrique Borges, numa das datas de apresentação do seu álbum “Incursão”, iria passar pelo Mosteiro da Batalha no dia 30 de Junho… Mas agora chega a notícia, mais alargada, de que esse concerto está integrado num novo festival, o Artes à Vila, que também vai levar a este monumento histórico da Batalha – de 29 de Junho a 1 de Julho – muitos outros nomes da música nacional (e não só): Isabel Silvestre (na foto) com As Vozes de Manhouce, o projecto Guitolão – que junta António Eustáquio e Carlos Barretto -, a polaca Natalia Juskiewicz – que se tem notabilizado a fazer versões de fados em violino – e o grupo de música antiga Sete Lágrimas, entre outros. O comunicado:

Artes à Vila realiza-se nos próximos dias 29 Junho a 01 Julho de 2018, na vila da Batalha. O festival decorre em vários espaços do interior e na envolvente do Mosteiro da Batalha, a programação estende-se ao longo de 3 dias, contando com actividades e experiências, espectáculos e exposições ao longo de todo o dia e para toda a família!

Guitolão com António Eustáquio e Carlos Barretto, Isabel Silvestre e as vozes de Manhouce, Sete Lágrimas, Um Violino no Fado pela violinista Natália Juskiewicz, Kabeção (handpan), grupo GEO, Henrique Borges, Desidério Lázaro, são alguns dos nomes já confirmados para a primeira edição.

Património, Cultura e Turismo é a temática que marca o fim de uma era (des)preocupada culturalmente no ano em que se celebra o Património Europeu e onde apresentamos uma programação que pretende realçar grandes nomes da musica nacional e do património imaterial junto de novos públicos, envolvendo a arte e o património edificado.

De entrada livre (mediante acreditação no festival e lotação dos espaços)