Gisela João – Com a WOMEX a Seus Pés

Perante um público exigente, difícil e habituado a centenas ou milhares de espectáculos dos mais variados géneros que cabem no conceito lato de world music – e que abarca incontáveis géneros e sub-géneros musicais de todo o mundo -, Gisela João triunfou com o seu concerto integrado na programação oficial de showcases da WOMEX, cuja edição de 2016 decorreu em Santiago de Compostela, Galiza, prendendo-lhe permanentemente a atenção e evitando que os “womexicans” debandassem ao fim de algum tempo em direcção a outro concerto qualquer que estivesse a acontecer à mesma hora.

Os já referidos “womexicans” (trocadilho fácil de entender) são o público alvo da maior conferência do mundo da denominada world music, a WOMEX. Agentes, managers, editores, publishers, promotores, produtores, músicos, jornalistas e programadores de salas e festivais, todos reunidos em quatro dias de networks, conferências e muitas outras actividades, distribuídos por três pavilhões de stands com as várias empresas e associações, governamentais ou independentes, relacionadas com estes tipos de música que, de certa forma, representam as diversidades culturais de cada país ou região.

No início da noite, e isto repete-se em todos os dias de todas as edições da WOMEX, tudo se transforma num grande festival onde toda esta multidão – na edição deste ano estiveram presentes mais de dois mil delegados – se junta para ver alguns dos mais importantes músicos do mundo.

A Womex Official Showcase Selection é escolhida por um júri onde se reúnem alguns dos mais importantes “opinion makers” das músicas do mundo, os “Sete Samurais”. E este ano Gisela João foi uma das seleccionadas.

No dia 22 de Outubro, sábado passado, Gisela João levou o Auditório Abanca, em Santiago de Compostela, ao rubro. Uma sala completamente esgotada por profissionais do mundo inteiro, desta vez completamente rendidos ao fado de Gisela João, que demonstrou uma enorme entrega e mestria na arte de transmitir aquilo que lhe vai na alma, conseguindo transformar um público geralmente frio e altamente crítico numa audiência perfeita de um grande espectáculo de fado. Promessa cumprida…

Texto: Francisco Sotto

Foto: Estelle Valente